terça-feira, 31 de março de 2009

This is the live



This is the live
Amy Mcdonald

Gostei desta música da Escocesa Amy McDonald

No YouTube http://www.youtube.com/user/amymacdonaldofficial?blend=1&ob=4

LN

segunda-feira, 30 de março de 2009

Tico-Tico de Carmen Miranda

Uma Música Brasileira bem animada, sobre o Tico-Tico um passarinho que gosta de Fubá...


http://www.flickr.com/photos/max_tuta/3227078499/

Carmen Miranda nasceu há 100 anos em portugal (Fevereiro de 1909).


http://ela-fala-e-sai-andando.blogspot.com/2009/02/chica-chica-boom-chic.html

Video


Carmen Miranda - Tico-tico No Fubá
Tico-Tico
Tico-Tico
O Tico-Tico tá
Tá outra vez aqui
O Tico-Tico tá comendo meu fubá
O Tico-Tico tem, tem que se alimentar
Que vá comer umas minhocas no pomar

Tico-Tico
O Tico-Tico tá
Tá outra vez aqui
O Tico-Tico tá comendo meu fubá
O Tico-Tico tem, tem que se alimentar
Que vá comer umas minhocas no pomar

Mas por favor, tire esse bicho do seleiro
Porque ele acaba comendo o fubá inteiro
E nesse tico de cá, em cima do meu fubá
Tem tanta coisa que ele pode pinicar
Eu ja fiz tudo para ver se conseguia
Botei alpiste para ver se ele comia
Botei um galo, um espantalho e alçapão
Mas ele acha que fubá é que é boa alimentação

O Tico-Tico tá
Tá outra vez aqui
O Tico-Tico tá comendo meu fubá
O Tico-Tico tem, tem que se alimentar
Que va comer é mais minhoca e nao fubá

Tico-Tico
O Tico-Tico tá
Tá outra vez aqui
O Tico-Tico tá comendo meu fubá
O Tico-Tico tem, tem que se alimentar
Que va comer é mais minhoca e nao fubá
Letras de Música Letras de Carmen Miranda

No site http://www.letras.com.br

LN

Festa da Poesia - Carlito Azevedo




Leitura de Carlito Azevedo na UFF, Niterói, em 26 de novembro de 2007. O poeta lê "no formato Georges Aperghis de leitura" o poema "Sobre uma fotonela de Felipe Nepomuceno", de seu livro Sublunar.

Carlito Azevedo - foto do site http://www.flip.org.br/index1.php3
(Festa Literária Internacional de Paraty - Brasil)

Na festa da poesia ouvi pela primeira vez o poeta Carlito Azevedo e gostei, diz muito bem os seus poemas, com muito ritmo. Vale a pena ler e ouvir.

REALISMO

quando estes olhos
(um zoom de azuis?)

sobre esta mínima
pétala de pálpebra

deixaram correr
de fina estria
a lágrima da
raiva

não morrerão sóis
não se apagarão estrelas

apenas outro sulco
na superfície da face

Carlito Azevedo

Outros poemas em http://www.antoniomiranda.com.br/poesia_brasis/rio_de_janeiro/carlito_azevedo.html

LN

Maia

do tempo em que era uma abelha

domingo, 29 de março de 2009

Águas de Março



São as águas de Março fechando o verão
e a promessa de vida no teu coração

Música de Tom Jobim
Interpretado pela grande Elis Regina

LN

Temperatura de 25 graus

para entes a partir dos vinte e cinco

sábado, 28 de março de 2009

Sabichão

com magnete ou com seis do mesmo tamanho

Notícias do PM Sócrates

Expresso on-line
Freeport: Smith, João Cabral e Perkins envolvem Sócrates

Correio da Manhã
"É Corrupto", diz Smith
com a transcrição da conversa do DVD
Ah!!! Pois!!! Pressões para arquivar, sim senhor, ummmmm

Público

Diário de Noticias
tem o video da TVI

Para quem não saiba o José Sócrates que se esá a falar é o nosso primeiro ministro, líder do PS e candidato nas próximas eleições legislativas.
Não, não é o filosofo grego, esse já morreu há muitos anos.

LUIS NEVES

sexta-feira, 27 de março de 2009

Dia da Poesia - Nuno Judíce

O poeta Nuno Júdice foi o autor que eu gostei mais de ouvir na festa da Poesia no CCB. Foi ele que leu os seus poemas. Escolheu poemas muito simples e divertidos. Muitos sorrisos na sala quando ele leu um poema com o título "Trocas".

Encontrei o poema no Blog CercArte (de alunos de literatura de uma escola do Porto), e deixo o Link do Poema que começa assim;
Tinha uma amiga com quem queria ter dormido.
Trocas - Nuno Júdice



Também deixo o Link para outro Poema divertido com o Titulo "Lusófonia", no Blog As Folhas ardem. O poema começa:
rapariga: s.f., fem. de rapaz; mulher nova; moça; menina; (Brasil), meretriz.
Escrevo um poema sobre a rapariga que está sentada
no café, em frente da chávena do café,

Lusófonia


E Não deixem de ir conhecer o Blog de Nuno Júdice, que é muito bom. http://aaz-nj.blogspot.com/
Mais sobre o poeta; http://www.astormentas.com/poemas.aspx?t=autor&id=Nuno+J%u00fadice


LN

Porque deviam sentir vergonha !!!

Professor no desfile de carnaval de Escola de Paredes de Coura Fev/2009

A Direcção Regional de Educação do Norte (DREN) contrariou hoje uma decisão do Conselho Pedagógico do Agrupamento de Escolas de Paredes de Coura – que decidira fazer a festa de carnaval dentro do estabelecimento – e ordenou ao Conselho Executivo que convoque os professores para fazerem o desfile pelas ruas, amanhã à tarde.“Tenho ordens para não falar, mas é impossível não reagir a esta desautorização da tutela em relação a uma decisão tomada em Conselho Pedagógico”, protestou a presidente do Conselho Executivo, Cecília Terleira, quando contactada pelo PÚBLICO.
A presidente do CE, que comentou que “os professores e os elementos dos órgãos de gestão da escola “estão em estado de choque com a falta de respeito da tutela por uma decisão tomada nos órgãos próprios”
Do Blog EDUQUÊS

MP fez buscas nos serviços do Ministério da Educação
Uma equipa de procuradores da 9.ª secção do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa, especializados na área da corrupção e do crime económico, efectuou no mês passado uma série de buscas nos serviços centrais do Ministério da Educação, na Av. 5 de Outubro.Os magistrados, que não se fizeram acompanhar pela Polícia Judiciária, recolheram numerosos documentos e outros materiais relacionados com os dois contratos celebrados entre o Ministério da Educação e o jurista João Pedroso, em 2005 e 2007, no valor total de 287.980 euros. O objecto da contratação, feita por ajuste directo e decidida pessoalmente pela ministra Maria de Lurdes Rodrigues, residia na realização de um levantamento de toda a legislação publicada em matéria de educação e na sua sistematização.
Questionada na imprensa e no Parlamento, nomeadamente com base na existência de numerosos juristas nos quadros do ministério capazes de fazer esse serviço, a iniciativa da ministra foi justificada no final de 2007 com a "especial aptidão técnica jurídica na área da educação" de João Pedroso - um juiz com licença sem vencimento desde 1990, que não tinha qualquer currículo em Direito da Educação, que era à época professor em regime de exclusividade na Universidade de Coimbra e que tinha ocupado altos cargos nos governos de António Guterres.
Do Blog EDUQUÊS


Indignações
Caro Senhor,

Por ter no sistema duas possíveis vítimas de …sabe Deus o quê, sou obrigado a pedir-lhe aceite este post, se entender conseguir evitar que o mesmo seja “vasculhado”.
Mas… de facto… enjoei ao assistir a um pequeno extracto da interpelação na Comissão de Educação. Aquelas três figuras parecem já do Apocalipse.
Reparo que já vem a terreiro, insurgindo-se contra o que se passou hoje no Parlamento, onde a Ministra Maria de Lourdes Rodrigues e Secretário de Estado … Pedreira se deleitaram, agredindo mais uma vez a classe dos Professores, quando questionados sobre o problema da entrega ou não dos objectivos.Possivelmente os Professores perderam infelizmente esta batalha, pois tiveram a infelicidade de ter de lidar com uma maioria absoluta completamente cega, prepotente, e classificada com todos os adjectivos sinónimos, abundantemente jorrados em todos os órgão de comunicação social, blogues e rádios.

Só os eleitores poderão voltar a dar alguma esperança a este País, quando em Outubro forem chamados a julgar este Governo, acusado de fazer leis à pressa, mal elaboradas, mal redigidas, confusas e também classificadas abundantemente com adjectivos bem demonstrativos da incompetência de que as faz.Não há volta a dar. É aguentar e…cara alegre.Mas…tudo tem limites. E o limite é a vergonha que deve ter alguém com responsabilidades na “governança”.
Foi muito chocado, que ouvi hoje um pequeno extracto da sessão na comissão de Educação. Estão invertidos todos os papéis neste País da maioria mais absolutamente anormal, comandada pelo também bem classificado em adjectivos nosso Primeiro Ministro Sócrates.
Embora leigo na matéria, entendo que a Assembleia da República (Deputados) têm por missão fiscalizar o Governo e a acção dos seus membros. Seja, em gira empresarial o Patrão é o Parlamento e os empregados os governantes. Portanto se um patrão aprova uma lei (mal ou bem) o patrão pode perguntar ao empregado se a mesma lei está ou não a ser bem interpretada. E podem surgir dúvidas. Agora não consigo aceitar que se permita que um Secretário de Estado (empregado), não eleito e portanto com um estatuto condicionado, diga para um Deputado (parte da Entidade Patronal), mas eleito meus senhores:
-Sec. Estado Pedreira:- as consequências… são as que vêm na Lei.
Deputado:- !!!!
Sec. Estado:- Não senhor Deputado,… não lhe vou ler a lei. Leia a Lei, leia a Lei.!!!
Se respeito é isto, meus amigos, adeus democracia.


Carta publicada no Blog Educação do meu Umbigo

" No trio da 5 de Outubro há uma imensa falta de cultura democrática, mas isso já sabíamos.
Mas o que me ocupa aqui é mesmo o secretário Pedreira, ele sim um coitadinho dos verdadeiros que, vendo-se detentor de um cargo político por obra e graça de jogos de nomeação política, é obrigado a ir ao Parlamento responder a deputados que - por muitos defeitos que a nossa democracia tenha - ainda foram efectivamente eleitos.
Porque o secretário Pedreira, tal como o secretário Lemos e a ministra Rodrigues, é um coitadinho merecedor do nosso dó pois interrompem a sua denodada acção governativa para se ir explicar ao Parlamento. O que me parece inconcebível.
Pior, fazem-no dar explicações sobre reles professorzecos que insistem em não fazer aquilo que a lei efectivamente não obriga a fazer. Coidadinho dele.
E coitadinho dele ainda mais porque, depois de achar que todos os zecos incumpridores devem ser castigados em termos de progressão e «concurso» [sic], acaba a declarar que até pode não ser assim, tudo depende dos órgãos de gestão porque a lei é geral e abstracta, mas depois é aplicada caso a caso.
Coitadinho de quem é obrigado a tamanho exercício de contorcionismo intelectual.
Quanto a todos nós, somos coitadinhos porque o temos de aturar, mas ao seu tom de escárnio constante para com aqueles muitos milhares de professores que ousam discordar das leituras arrevezadas que o secretário Pedreira tem das leis que emanam da 5 de Outubro, elas próprias uma manta de retalhos de escasso sentido.
E coitadinhos de nós porque ainda tivemos de levar com o secretário lemos a tentar ser jocoso com os deputados acerca dos dados da violência escolar."

Prof. Paulo Guinote , em Educação do meu Umbigo

Acho que quem não quer saber o que se tem passado neste governo na área da educação, é porque não quer.
LN

Latino Améria - Jáfumega

Todas as manhãs o sol espelha
Bate nas lentes escuras
O sangue jorra de esquelha
Na pala das ditaduras

Continente grita de dor
Rebenta pelas costuras
A morte,o medo e o terror
São dias feitos agruras

Do Paraguai a Porto Rico
Salvador ás Honduras
Da Bolívia à Guatemala
Argentina ao Chile

Latina ' América
Latina ' América
Latina ' América
Latina ' América

Descem das montanhas
Para pôr fim a essa sina
Que te rebenta as entranhas
Capacete em cada esquina



Latina America - Jafumega

Álbum: Jafumega
Ano: 1982

LN

Galochas

para combater muita água

quinta-feira, 26 de março de 2009

Sinal de Alarme de Soares

UM SINAL de ALARME , Mário Soares , 17 Março 2009

Foi realmente uma megamanifestação a que a CGTP/IN levou a efeito, em Lisboa, no passado dia 13. É sabido que os manifestantes vieram de todo o País, em camionetas, especialmente fretadas, e que num dia ameno de sol não é desagradável uma visita à capital. Tanto mais que se tratava de gritar a indignação que sentem contra o desemprego, que sofrem na carne, a pobreza, a incerteza quanto ao futuro, dos próprios e dos filhos e netos, e das ostensivas - e não resolvidas - desigualdades sociais, que em vez de serem corrigidas se agravam.
Claro que vivemos uma crise global, que está a afectar o mundo inteiro e que é injusto - embora fácil - apontar o dedo ao Governo Sócrates, como o responsável único das dificuldades que cada vez mais os portugueses sentem.
...
A situação de crise que estamos colectivamente a viver é, obviamente, a mais difícil de todas as por que passámos, desde a Revolução dos Cravos. E tivemos bastantes. Aliás - atenção -, não terá solução fora do quadro comunitário.
Isso aconselharia o Governo, penso, a ouvir com atenção e a ponderar a indignação das pessoas, que vai crescer, não tenhamos ilusões, e a debater o fenómeno, as suas causas e consequências, com os responsáveis dos partidos, em ambiente discreto e calmo, distante dos prélios parlamentares e televisivos habituais, que ocorrem regularmente e, em especial, com as direcções sindicais, que têm um conhecimento mais directo do que se passa no terreno e do que sentem as pessoas mais afectadas pela crise.
Não basta fazer uma viragem à esquerda no discurso político - que é, obviamente, importante e mesmo decisiva - para enfrentar a crise e a vencer.
É preciso que o conhecimento da crise, nas suas causas e consequências, chegue às pessoas, aos trabalhadores desempregados, aos que estão desesperados com a falta de perspectivas e com os horizontes completamente fechados que se lhes apresentam e às suas famílias. Ouvi-los, repito, dar-lhes esperanças fundamentadas e mostrar-lhes como se lhes pode valer, a prazo.
Se isso não ocorrer: mais diálogo, mais concertação social, mais ajudas concretas para tantos casos humanos dramáticos, tudo o resto que se diga ou faça - neste momento tão difícil - é completamente supérfluo e dispensável.
Pondere-se nisto.
Por outro lado, ninguém parece ter sido responsável pela crise, embora se saiba que há quem está ainda agora a ganhar, especulativamente, com ela. Esse é outro ponto que as pessoas sentem, sobretudo as mais afectadas e que sabem serem-lhes devidas explicações, por quem de direito.
A impunidade que parece cobrir os responsáveis e o sentimento de que as roubalheiras e a corrupção são vistas como uma fatalidade, sem remédio - que a justiça não actua, mas tudo se sabe ou julga saber por "fugas" sistemáticas que chegam aos meios de comunicação social e são difundidas sem explicação e, às vezes, por forma contraditória -, é um veneno que azeda as pessoas e as torna maldizentes, cínicas, desencantadas.
Não é nada bom para o futuro da sociedade portuguesa.
Ora é ao Governo que compete definir o novo rumo e dar garantias para que não fique tudo na mesma...
Uma megamanifestação não resolve nada. É certo. Mas alerta os responsáveis para o que tem de ser imperativamente resolvido.
Não o esqueçamos!
Mário Soares foi o fundador do Partido Socialista. Foi eleito duas vezes Presidente da Republica portuguesa. Depois disso foi eleito cabeça de lista às eleições europeias pelo PS. Há 3 anos foi candidato apoiado pelo PS à Presidencia da Répulica, tendo sido derrotado pelo actual PR Cavaco Silva.

Há uma semana atrás escreveu este texto no Diário de Noticias...
Um artigo sobre o estado em que o seu partido o PS deixou o País ao fim de uma legislatura de 4 anos em que o PS governou com maioria absoluta...
Este senhor ainda vem depois apoiar o sr. Sócrates nas eleições??? ainda vai votar e apelar ao voto neste partido socialista??? Mas então para que escreve este tipo de textos???

foto do Blog http://portugaldospequeninos.blogspot.com/2007/06/afirma-soares.html
LN

Truques de ilusionismo

Dia da Poesia - José Craveirinha

Na Festa da Poesia do CCB, outro autor que gostei muito de ouvir foi o moçambicano José Craveirinha , que foi lido por uma antiga jornalista da TSF, Elisabete Caramelo, que tem uma voz muito bonita.

No Blog Peixe de Aquario, no Post Quero ser Tambor, encontrei um dos seus poemas mais conhecidos Quero ser Tambor , poema dito por Vitor de Sousa.

"Quero ser tambor" de José Craveirinha , (em Karingana ua Karingana, 1982)
Quero Ser Tambor

Tambor está velho de gritar
Oh velho Deus dos homens
deixa-me ser tambor
corpo e alma só tambor
só tambor gritando na noite quente dos trópicos.

Nem flor nascida no mato do desespero
Nem rio correndo para o mar do desespero
Nem zagaia temperada no lume vivo do desespero
Nem mesmo poesia forjada na dor rubra do desespero.

Nem nada!

Só tambor velho de gritar na lua cheia da minha terra
Só tambor de pele curtida ao sol da minha terra
Só tambor cavado nos troncos duros da minha terra.

Eu
Só tambor rebentando o silêncio amargo da Mafalala
Só tambor velho de sentar no batuque da minha terra
Só tambor perdido na escuridão da noite perdida.

Oh velho Deus dos homens
eu quero ser tambor
e nem rio
e nem flor
e nem zagaia por enquanto
e nem mesmo poesia.
Só tambor ecoando como a canção da força e da vida
Só tambor noite e dia
dia e noite só tambor
até à consumação da grande festa do batuque!
Oh velho Deus dos homens
deixa-me ser tambor
só tambor!
LN

quarta-feira, 25 de março de 2009

Coitadinhos dos pais do sr. Pedreira

Que vergonha para o nosso país ter um secretário de estado da educação que fale assim no parlamento.
Que homem tão fraquinho e sem qualidade. Que pessoa tão repugnante.
Coitadinhos dos Pais do sr. secretário de estado.
Coitadinho do PS por ter esta gente a liderar o partido.

Aqui deixo novamente um texto que coloquei aqui no Blog o ano passado. De um antigo apoiante do PS, Porta-voz do Presidente da Republica Dr.Mário Soares.
http://sobretudoeparcadeverao.blogspot.com/2008/11/bafio-antidemocrtico.html

Bafio Antidemocrático (Alfredo Barroso no seu BLOG)

O PROBLEMA desta ministra da Educação, para além do óbvio autismo que a imobiliza e a suspende no tempo, é o seu profundo desprezo pelos professores, pelos sindicatos, pelos partidos políticos e pelo debate democrático. Em suma: por todos os que a contestam.
Quem a viu, ontem, nas televisões, a chispar ódio, a vomitar ressentimento e a destilar rancor por todos os poros, percebeu sem dificuldade que há nela algo de salazarento, como que um cheiro a bafio antidemocrático que nos faz recuar várias décadas, até ao tempo da outra senhora, em que prevalecia a ditadura do «quero, posso e mando».

em http://tracogrosso.blogspot.com/

LN

Lugar de Travanca

5110-166 Armamar

Dia da Poesia - Clarice Lispector


Sábado 21 de Março foi Dia Mundial da Poesia, e no CCB (Centro Cultural de Belém)fizeram a festa da Poesia.
Dia Mundial da Poesia - O CCB CELEBRA A POESIA EM PORTUGUÊS
Muito Giro passear nas diversas salas e espaços do CCB a ouvir Poesia Lida por os próprios poetas ou por pessoas públicas.

Um dos autores que mais gostei de ouvir foi a Clarice Lispector lido por uma jornalista Filipa Leal.
podem ler mais sobre a Clarice
neste Blog http://claricelispector.blogspot.com/
ou na Wikipédia em http://pt.wikipedia.org/wiki/Clarice_Lispector
e no site http://www.claricelispector.com.br/

Deixo um dos contos que gostei mais desta autora brasileira.

Clarice Lispector - Cem Anos de Perdão
Clarice Lispector - Cem Anos de Perdão api_user_11797_Luciano Farias



LN

terça-feira, 24 de março de 2009

Nemátodo

pinheiro metodicamente destrambelhado

Música de Cabo-Verde na Malaposta

Maria Alice está de regresso com “Tocatina”, um disco inteiramente dedicado às mornas de Cabo Verde, fazendo lembrar as noites quentes da Ilha do Sal, onde os amigos se encontravam, e cada um com o seu instrumento, tocavam e cantavam as mornas tradicionais. Depois de “Ilha d’Sal”, “D'Zemcontre” e de “Lágrima e Súplica”, a voz quente característica de Maria Alice traz-nos um disco inteiramente dedicado às mornas de Cabo Verde.
Neste novo trabalho, produzido por Humberto Ramos, Maria Alice tenta recriar o ambiente vivido nos anos 60/70, através do uso de uma formação tradicional com guitarras e cavaquinhos. Na gravação deste disco, composto por mornas populares, a cantora de “Rotcha Nú” teve o apoio de Vaiss na guitarra de 6, 10 e 12 cordas, Jon Luz no cavaquinho, violino e viola de 10 cordas, Adérito Pontes na guitarra de 6 cordas e por Tó Barbosa no violino.
Um novo trabalho, no qual, uma vez mais, se confirma o talento de Maria Alice - uma voz cristalina, sensual e intensa. Uma voz que revela um estilo próprio e uma personalidade única no anorama da música cabo-verdiana.


do programa da bienal Lusófona da Malaposta


Cantora Maria Alice



Na Malaposta um espetáculo de música de Cabo-Verde muito bom.
Quem gosta de Mornas devia ter vindo a Odivelas ouvir.

http://palcoprincipal.sapo.pt/mariaalice

Video de Maria Alice na FNAC
Música - Rotcha scribida



Página da Maria Alice no Myspace : http://www.myspace.com/mariaalice08
LN

Música da Guiné na Malaposta

" N´Dara Sumanó nasceu em Gabú, Guiné-Bissau, a
10 de Maio de 1963, no seio de uma família de várias
gerações de músicos. Estas famílias de músicos,
chamadas de griots ou djidius ou djelis, existiam muito
antes da época de Sundjata Keita (1150-1250) e a sua
função principal continua a ser entreter e preservar a
história de povo. N'Dara Sumanó aprendeu a cantar
desde a infância, sob orientação dos pais.
Em 1974, ainda criança, participou em diversas
actividades culturais como acompanhante dos
pais, também eles músicos, cantando para vários
representantes governamentais do país. Nesse mesmo
ano foi convidada para participar como animadora
num programa cultural da Rádio Difusão Nacional,
intitulado "Terra ku si povo". Esta actuação foi notada
e, poucos anos mais tarde, foi convidada a integrar
o Ballet Nacional "Esta Nossa Pátria Amada". Como
cantora principal do Ballet, N´Dara Sumanó começa
uma brilhante carreira que a leva em representação
da Guiné a vários países da África Ocidental, onde se
destacou pelo seu mérito."
No Programa da Bienal de Culturas Lusófonas a decorrer no Centro Cultural da Malaposta (Odivelas)
imagem da cantora
N'Dara Sumanó
No domingo 22 Março na Malaposta assisti a um espétáculo muito bom de um grupo de músicos da Guiné em que a artista principal é a N'Dara Sumanó.
Acho que só se consegue assistir a um momento como este, nos concertos em África e na Guiné. São tão autenticos que nos fazem sentir que estamos nas festas junto das tribos africanas.
É mesmo uma festa para os artistas e o seu público(?). O público participa nos concertos, vão ter com os músicos e oferecem notas, e as mulheres vão para o palco dançar. Só vendo. É pura energia e movimento.
Não encontrei nada sobre eles na Net para publicar aqui.
A sala da Malaposta estava quase sem público. É uma pena. Este tipo de concertos são muito difíceis de se ver por cá. Uma experiência única!
LN

segunda-feira, 23 de março de 2009

Rabicho

fechado sob vácuo

E o povo, pá?

Retirei Do BLOG A Educação do meu Umbigo

Bem divertida esta música

LN

sábado, 21 de março de 2009

Primavera

filha da tia go

Poetas do Brasil

Poesia No WebClub

VOO

Alheias e nossas as palavras voam.
Bando de borboletas multicores, as palavras voam
Bando azul de andorinhas, bando de gaivotas brancas, as palavras voam.
Voam as palavras como águias imensas.
Como escuros morcegos como negros abutres, as palavras voam.

Oh! alto e baixo em círculos e retas acima de nós, em
redor de nós as palavras voam.
E às vezes pousam.

Cecília Meireles

SUBVERSIVA

A poesia
Quando chega
Não respeita nada.

Nem pai nem mãe.
Quando ela chega
De qualquer de seus abismos

Desconhece o Estado e a Sociedade Civil
Infringe o Código de Águas
Relincha

Como puta
Nova
Em frente ao Palácio da Alvorada.

E só depois
Reconsidera: beija
Nos olhos os que ganham mal
Embala no colo
Os que têm sede de felicidade
E de justiça.

E promete incendiar o país.

Ferreira Gullar

Meu Deus, me dê a coragem
de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites,
todos vazios de Tua presença.
Me dê a coragem de considerar esse vazio
como uma plenitude.
Faça com que eu seja a Tua amante humilde,
entrelaçada a Ti em êxtase.
Faça com que eu possa falar
com este vazio tremendo
e receber como resposta
o amor materno que nutre e embala.
Faça com que eu tenha a coragem de Te amar,
sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo.
Faça com que a solidão não me destrua.
Faça com que minha solidão me sirva de companhia.
Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar.
Faça com que eu saiba ficar com o nada
e mesmo assim me sentir
como se estivesse plena de tudo.
Receba em teus braços
o meu pecado de pensar.

Clarice Lispector

LN

sexta-feira, 20 de março de 2009

Poetas do Porto 2

Retirei do Blog WebClub da Jacky

Que música escutas tão atentamente
que não dás por mim?
Que bosque, ou rio, ou mar?
Ou é dentro de ti
que tudo canta ainda?
Espero sempre por ti o dia inteiro,
Quando na praia sobe, de cinza e oiro,
O nevoeiro
E há em todas as coisas o agoiro
De uma fantástica vinda.

Sophia de Mello Breyner Andresen

Queria falar contigo,
dizer-te apenas que estou aqui,
mas tenho medo,
medo que toda a música cesse
e tu não possas mais olhar as rosas.
Medo de quebrar o fio
com que teces os dias sem memória.
Com que palavras
ou beijos ou lágrimas
se acordam os mortos sem os ferir,
sem os trazer a esta espuma negra
onde corpos e corpos se repetem,
parcimoniosamente, no meio de sombras?
Deixa-te estar assim,
ó cheia de doçura,
sentada, olhando as rosas,
e tão alheia
que nem dás por mim.

Eugénio de Andrade

HORA

Sinto que hoje novamente embarco
Para as grandes aventuras,
Passam no ar palavras obscuras
E o meu desejo canta --- por isso marco
Nos meus sentidos a imagem desta hora.

Sonoro e profundo
Aquele mundo
Que eu sonhara e perdera
Espera
O peso dos meus gestos.

E dormem mil gestos nos meus dedos.

Desligadas dos círculos funestos
Das mentiras alheias,
Finalmente solitárias,
As minhas mãos estão cheias
De expectativa e de segredos
Como os negros arvoredos
Que baloiçam na noite murmurando.

Ao longe por mim oiço chamando
A voz das coisas que eu sei amar.

E de novo caminho para o mar.

Sophia de Mello Breyner Andresen

O pauzinho

traulito gravitacional em momento de voo

Disgosting

Esta comunicação social (Antena 1) do Estado está num estado abaixo de zero. Uns lambe-botas inacreditáveis e que fazem um anúncio que é miserável.

Quem não gosta de ouvir más noticias e não se quer desiludir ainda mais com este país, e com estes idiotas da rádio pública, o melhor é nem sequer ver este video.
Notícia Publico on-line:
Portugal: Anúncio publicitário da Antena 1 critica manifestações e irrita sindicatos
http://www.publico.clix.pt/videos/?v=20090319185840&o=1

Isto irrita qualquer pessoa! Mete Nojo!... quem aprova um anúncio destes devia ser demitido.
Os próximos anúncios da rádio pública vão apelar aos linchamentos públicos, à expulsão dos imigrantes, à prisão dos homosexuais, à guerra contra os Marroquinos e conquista de Ceuta...

Sei lá , a todos os instintos mais deprimentes,

nem sei o que dizer mais,
Que vão mas é para a P... que os P.....
LN

quinta-feira, 19 de março de 2009

Poetas do Porto

Poemas retirados do Blog WebClub da Wind , (maio 2007)

O POEMA

O poema me levará no tempo
Quando eu já não for eu
E passarei sozinha
Entre as mãos de quem lê

O poema alguém o dirá
Às searas

Sua passagem se confundirá
Com o rumor do mar com o passar do vento

O poema habitará
O espaço mais concreto e mais atento

No ar claro nas tardes transparentes
Suas sílabas redondas

(Ó antigas ó longas
Eternas tardes lisas)

Mesmo que eu morra o poema encontrará
Uma praia onde quebrar as suas ondas

E entre quatro paredes densas
De funda e devorada solidão
Alguém seu próprio ser confundirá
Com o poema no tempo

Sophia de Mello Breyner Andresen

HÁ DIAS

Há dias em que julgamos
que todo o lixo do mundo
nos cai em cima
depois
ao chegarmos à varanda avistamos
as crianças correndo no molhe
enquanto cantam
não lhes sei o nome
uma ou outra parece-me comigo
quero eu dizer :
com o que fui
quando cheguei a ser luminosa
presença da graça
ou da alegria
um sorriso abre-se então
num verão antigo
e dura
dura ainda.

Eugénio de Andrade

As imagens transbordam fugitivas
E estamos nus em frente às coisas vivas.
Que presença jamais pode cumprir
O impulso que há em nós, interminável,
De tudo ser e em cada flor florir?

Sophia de Mello Breyner Andresen

De palavra em palavra
a noite sobe
aos ramos mais altos
e canta
o êxtase do dia.

Eugénio de Andrade

MUSA

Aqui me sentei quieta
Com as mãos sobre os joelhos
Quieta muda secreta
Passiva como os espelhos

Musa ensina-me o canto
Imanente e latente
Eu quero ouvir devagar
O teu subito falar
Que me foge de repente

Sophia de Mello Breyner Andresen

Creio que foi o sorriso,
o sorriso foi quem abriu a porta.
Era um sorriso com muita luz
lá dentro, apetecia
entrar nele, tirar a roupa,ficar
nu dentro daquele sorriso.
Correr,navegar,morrer naquele sorriso.

Eugénio de Andrade

ESCUTO

Escuto mas não sei
Se o que oiço é silêncio
Ou deus

Escuto sem saber se estou ouvindo
O ressoar das planícies do vazio
Ou a consciência atenta
Que nos confins do universo
Me decifra e fita

Apenas sei que caminho como quem
É olhado amado e conhecido
E por isso em cada gesto ponho
Solenidade e risco

Sophia de Mello Breyner Andresen

O amor
é uma ave a tremer
nas mãos de uma criança.
Serve-se de palavras
por ignorar
que as manhãs mais limpas
não têm voz.

Eugénio de Andrade

Austríaco

estás com cara de cave

Pátria , Guerra Junqueiro

"Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e
sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, sacos de
vergonhas, feixes de misérias, sem uma rebelião, um mostrar de dentes, a
energia dum coice, pois que nem já com as orelhas é capaz de sacudir as
moscas; um povo em catalepsia ambulante, não se lembrando nem donde vem,
nem onde está, nem para onde vai; um povo, enfim, que eu adoro, porque
sofre e é bom, e guarda ainda na noite da sua inconsciência como que um
lampejo misterioso da alma nacional, reflexo de astro em silêncio escuro
de lagoa morta. [.]

Uma burguesia, cívica e politicamente corrupta até à medula, não
descriminando já o bem do mal, sem palavras, sem vergonha, sem carácter,
havendo homens que, honrados na vida íntima, descambam na vida pública
em pantomineiros e sevandijas, capazes de toda a veniaga e toda a
infâmia, da mentira a falsificação, da violência ao roubo, donde provem
que na política portuguesa sucedam, entre a indiferença geral,
escândalos monstruosos, absolutamente inverosímeis no Limoeiro [.]

Um poder legislativo, esfregão de cozinha do executivo; este criado
de quarto do moderador; e este, finalmente, tornado absoluto pela
abdicação unânime do País. [.]

A justiça ao arbítrio da Política, torcendo-lhe a vara ao ponto de
fazer dela saca-rolhas;

Dois partidos [.] sem ideias, sem planos, sem convicções, incapazes,
[.] vivendo ambos do mesmo utilitarismo céptico e pervertido, análogos
nas palavras, idênticos nos actos, iguais um ao outro como duas metades
do mesmo zero, e não se malgando e fundindo, apesar disso, pela razão
que alguém deu no parlamento, de não caberem todos duma vez na mesma
sala de jantar."

Guerra Junqueiro, "Pátria", 1896

Retirei do Blog WEBClub da Wind e ...
LN

quarta-feira, 18 de março de 2009

O dia em que eu nasci

somente

Papa Bento XVI visita África - E diz o preservativo não é importante!

Este pequeno Video de Prevenção contra a SIDA em Moçambique é um espanto...
Vale a pena ver é mesmo muito giro.
Só para contrariar esse palermóide do Papa
Que pena, mas não sei pôr o video aqui no Blog Sobretudo

Roubei no BLOG WebClub (Que belissimo Blog)!!!

WebClub: Redes Sexuais

LN

terça-feira, 17 de março de 2009

Que o céu nos ajude - filme


Religulous - Que o céu nos Ajude
Género Documentário
País Estados Unidos - Ano 2008
Realização: Larry Charles


Ver mais em Sapo Cinema - http://cinema.sapo.pt/filme/religulous


Descobri que o filme está nos cinemas, e parece-me que vale a pena ir ver este documentário que tenta desvendar um pouco de como os crentes vivem a sua religião.
Parece muito divrtido este filme... Aqui podem ver o Trailler

http://cinema.sapo.pt/filme/religulous/video/Izd6ezDiKvursgkbyjnp
A minha avózinha Dores não ia gostar nada, mesmo nada, de eu ir ver estes filmes ....
LN

"vão mas é chatear o Sócrates porque ele é que recebeu os 500 mil"

Caso Freeport tem desde início uma escuta que envolve Sócrates
Ler esta notícia no Expresso on-line http://aeiou.expresso.pt/caso_freeport_tem_desde_inicio_uma_escuta_que_envolve_socrates=f503326
Chamada interceptada dois dias depois da abertura do inquérito em 2005 referia pagamento de €500 mil.

Uma escuta telefónica de 17 minutos, feita a uma pessoa envolvida no caso Freeport, inclui uma afirmação que liga o alegado pagamento de 'luvas' em troca da aprovação do outlet ao primeiro-ministro, José Sócrates. A intercepção remonta a 9 de Fevereiro de 2005, dois dias após a abertura do inquérito pelo Ministério Público do Montijo, apurou o Expresso, depois de ter autorização do Tribunal Constitucional para consultar esta semana os oito volumes do processo de fuga de informação que condenou o inspector Elias Torrão, da Polícia Judiciária de Setúbal.

A passagem em forma de desabafo - "vão mas é chatear o Sócrates porque ele é que recebeu os 500 mil" - é descrita pela inspectora titular da investigação, Carla Gomes, durante uma inquirição.

Sócrates e o Freeport
9 de Fevereiro de 2005 Um suspeito interceptado fala de Sócrates ao telefone
11 de Fevereiro de 2005 Duas testemunhas referem conversas sobre Sócrates
30 de Janeiro de 2006 Dossiê sobre património de Sócrates é junto ao processo
3 de Março de 2006 'Luvas' a Sócrates são admitidas por Charles Smith num vídeo


Eis as campanhas negras e ocultas da Polícia Judiciária e do Ministério Público.

Luis Neves

Porventura

quiçá proveitoso

segunda-feira, 16 de março de 2009

Alice

alguns ainda acreditam

domingo, 15 de março de 2009

Doidas, Doidas, Doidas andam as galinhas

Em auxilio do Asdrúbal, aqui deixo a famossissima canção infantil...

LN

Galinhas

doidas, doidas, põem o ovo na palma da mão

sábado, 14 de março de 2009

Uma sueca toda pura

os homens não fervem à mesma temperatura

Yami, música angolana

Ontem na Malaposta na Bienal de Culturas Lusófonas

a música Angolana, na voz do Yami , Yami no MySpace


E também cantou uma música fantástica da Lura "oH, Na ri ná"



LN

sexta-feira, 13 de março de 2009

AgáTêTêPê

2 pontos e 2 traços inclinados para a direita igual a 4 pontos

Xipane-Pane , Moçambique a dançar

XIPANE-PANE
Grupo de Danças Tradicionais
Moçambique

Ver o programa da 2ª Bienal de Culturas Lusófonas no site da Malaposta - http://www.malaposta.pt/

Xipane-pane, é um grupo de danças tradicionais de Moçambique, formado a partir de jovens Moçambicanos
residentes no Concelho Municipal de Loures e não só, desde os finais da década de 80.
O grupo iniciou a sua actividade em Portugal precisamente em 4 de Janeiro de 1992, presentando um vasto reportório que inclui composições de várias regiões de Moçambique.
Do reportório deste grupo destacam-se as danças guerreiras como o xigubo (da província de Gaza), danças de divertimento de adolescentes tais como a xitchuketa, xingomana, e xissaizana (do sul de Moçambique) e outras danças como a rumba, intsope, tufa (da ilha de Moçambique), Makwaela, Makwae e Marrabenta, etc…
Xipane-pane significa uniforme, mas para este grupo significa a uniformização dos sentimentos que é divulgar a cultura Moçambicana. Mussa Daúde Ibrahimo, é o grande obreiro deste grupo
de danças, único representante cultural de Moçambique em Portugal, desenvolvendo ao mesmo tempo várias actividades culturais.
Fantásticos!...
Este grupo de dança é muito , muito bommmm.... Um espetáculo brilhante.
Venham mais vezes....
(E quatro novas palavras que começam com X, xigubo; xitchuketa; xingomana; xissaizana)
Que pena não encontrar nada deste grupo na net para publicar aqui no blog :o(
LN

Protesto gráfico anti-sócrates 2

chegou ontem do Alentejo

Será que conseguimos apagar e limpar este governo PS, só com Benzina?....
Era bom , era ...
(Eça Bom...)
LN

quinta-feira, 12 de março de 2009

Protesto gráfico anti-sócrates


chegou hoje por mail das planicies do Alentejo

É claro que podemos!... E queremos!?
Vamos corre-lo? ....
Era mesmo bom ...

LN

Por lá andaram

am com sonido de ão

quarta-feira, 11 de março de 2009

Coisas de faquir

ir para os copos

Monstra Hoje e Monstra Ontem

MONSTRA
Ontem (no cinema São Jorge, Lisboa)

Ver o trailer em http://docasnasasasdodesejo.blogs.sapo.pt/tag/99


o filme "$9,99" estava entre os filmes candidatos aos Oscares 2008 ( melhor longa-metragem de animação)
Filme é muito giro!!

E hoje !!!

às 19:30 Sala 1 São Jorge

"Fear(s) of the Dark",

Fear(s) of the Dark , apresenta 6 histórias escritas e dirigidas por grandes artistas gráficos Blutch, Charles Burns, Marie Caillou, Pierre Di Sciullo, Lorenzo Mattotti, Richard McGuire, Romain Slocombe, Jerry Kramsky, Michel Pirus, e Etienne Robial. http://www.everhype.com/hyper/nadia?X=M797-Fears-of-the-Dark-Peurs-du-noir-by-Blutch-Charles-Burns

Ver Trailler


Site do filme http://www.fearsofthedarkmovie.com/

às 22:30 Sala 1 São Jorge

"Idiots and Angels" , Bill Plympton, EUA



Site do filme , videos em http://www.idiotsandangels.com/videos

Prémio melhor filme FantasPorto 2009

http://www.fantasporto.com/

LN

Comunicação Social em Odivelas

Sou um Odivelense muito mal informado!!...
Só hoje é que fiquei a conhecer dois meios de comuincação social do concelho.
Que me parecem muito bem feitos.


Venho divulgar estes dois Meios de Comunicação que já existem à vários anos em Odivelas.


http://www.odivelas.com/

Aqui podem ver a conferência de imprensa de apresentação da Bienal das culturas Lusofonas

E também um canal de TV on-line de Odivelas

http://www.odivelas.tv/

LN

Bienal de culturas Lusofonas - Em Odivelas

Programa da Bienal Lusófona AQUI em PDF

Música:

TUCANAS , Percussão criativa no feminino, Portugal
11 DE MARÇO, QUARTA-FEIRA, 21H30, AUDITÓRIO

Abertura da Bienal
YAMI ALOELELA , Angola
13 DE MARÇO, SEXTA-FEIRA, 21H30, AUDITÓRIO

ANDRÉ CABAÇO , Moçambique
14 DE MARÇO, SÁBADO, 21H30, AUDITÓRIO


Cinema:
ILHÉU DE CONTENDA , de Leão Lopes
Cabo Verde, 1995, 110’
14 DE MARÇO , SÁBADO, 17H00, AUDITÓRIO



Dança:
XIPANE-PANE , Grupo de Danças Tradicionais , Moçambique
12 DE MARÇO, QUINTA-FEIRA, 21H30, AUDITÓRIO

Teatro:
AUTO DE FLORIPES
São Tomé e Príncipe
15 DE MARÇO, DOMINGO, 16H00, AUDITÓRIO



Artes Plásticas:
COLECTIVA DE PINTURA E ESCULTURA LUSÓFONA
11 DE MARÇO A 5 DE ABRIL
FOYER E SALA DOS ESPELHOS



Conferências:
SISTEMAS EDUCATIVOS LUSÓFONOS
Drª. Maria Celeste Rosa
Drª. Paula Farinho
Apoio especial ISCE



E mais ver no Programa...
LN

terça-feira, 10 de março de 2009

Monstra e Monstrinha

MONSTRA 2009
Cinema S. Jorge , 9 A 15 DE MARÇO DE 2009

Destaques


COMPETIÇÃO
Em 2009,Destaque para as longas metragens de animação Fear(s) of the Dark, de múltiplos realizadores e Sita Sings the Blues, de Nina Paley, vencedora do prémio de melhor filme em vários festivais internacionais incluindo um dos mais prestigiados festivais de animação mundial, o Annecy Film Festival.
Noticia no site Sapo Filmes

http://cinema.sapo.pt/noticias/monstra-volta-a-animar-lisboahttp://cinema.sapo.pt/noticias/monstra-a-animacao-volta-a-invadir-lisboa

LN

Serviço Público

eu intervim
tu intervieste
ele/ela interveio
nós interviemos
vós interviestes
eles/elas intervieram

segunda-feira, 9 de março de 2009

CCB - "FERVOR DE BUENOS AIRES "

FESTIVAL FERVOR DE BUENOS AIRES
09-03-2009 a 08-04-2009
no CCB - Centro Cultural de Belém

Em 1923, um jovem poeta, viajado, culto e intelectualmente formado no caldo da cultura de expressão inglesa, dava à estampa a sua primeira recolha poética: chamava-se Fervor de Buenos Aires e o jovem escritor assinava Jorge Luis Borges. A invenção literária de Buenos Aires começara antes, com escritores como Macedonio Fernandez e Leopoldo Lugones. Mas Borges acaba por se transformar no mais insistente construtor literário de um certo culto da cidade argentina, cuja “fundação mítica” evoca num dos seus textos.Partindo da obra de Borges – à qual, aqui e ali, sempre se há-de voltar – o Festival Fervor de Buenos Aires visa dar uma panorâmica da criação artística originária ou tendo como espaço de representação a cidade que foi também de Carlos Gardel, Alberto Ginastera, Julio Cortázar e Daniel Barenboim.


PROGRAMAÇÃO
CONFERÊNCIA
COM RODRIGO FRESÁN Dia 9 de Março às 18:30
SALA DE LEITURA
EXPOSIÇÃO
De 9 de Março a 8 de Abril
GALERIA MÁRIO CESARINY

MÚSICA
ALBERTO GINASTERA MARCELO NISINMAN ASTOR PIAZZOLLA
Dia 9 de Março às 21:00
PEQUENO AUDITÓRIO - SALA EDUARDO PRADO COELHO

DIE STÜCKE DER WINDROSE, PARA ORQUESTRA DE SALÃO DE MAURÍCIO KAGELORCHESTRUTÓPICA
Dia 15 de Março às 17:00
PEQUENO AUDITÓRIO - SALA EDUARDO PRADO COELHO

CICLO DE CINEMA
De 10 a 12 de Março
> O PÂNTANO (La Ciénaga), 2001 GÉNERO Comédia, Drama
> A RAPARIGA SANTA (La Niña Santa), 2004 GÉNERO Drama
> REI MORTO (Rey Muerto), 1995 + A MULHER SEM CABEÇA (La mujer sin cabeza), 2007

DANÇA
DE CONSTANZA MAKRAS
Dias 13 e 14 de Março às 21:00
GRANDE AUDITÓRIO

TERTÚLIA
Dia 14 de Março às 17:00
SALA DE LEITURA

MÚSICA E DANÇA
NOELLA MONCADA voz RAÚL GARELLO maestro
Dias 19 e 20 de Março às 21:00
GRANDE AUDITÓRIO

Dias 19 e 20 de Março das 17:00 às 18:30
FOYER DO GRANDE AUDITÓRIO
> MILONGAS
Dias 19 e 20 de Março às 23:00
FOYER DO GRANDE AUDITÓRIO

TEATRO
DE CLAUDIO TOLCACHIR
Dias 20, 21 e 23 de Março às 21:00
Dia 22 de Março às 16:00
GRANDE AUDITÓRIO

LN

Cola tudo

o que esteja partido

8 Março, Dia da Mulher

O que vou eu escrever sobre o assunto??
Ainda por cima com 1 dia de atraso...

Talvez apresentar um Post de um Blog de Mulheres. o Blog Vida de Saltos Altos do "Expresso"


de Carolina Reis (sapato nº 37)

A esperança desaparece todos os dias em Darfur

LN

Roupeiro da equipe; O Alegre

Manuel Alegre em entrevista ao Expresso vem dizer isto;

P - Se essa convergência acontecer não é apenas por uma lógica aritmética, porque Sócrates faz as contas e sabe que o seu apoio lhe pode custar (ou valer) a maioria absoluta?
R(Manuel Alegre) - Isso ninguém sabe. A política é sempre uma relação de forças.
P - Esse entendimento pode vir a traduzir-se num grupo parlamentar dentro do grupo parlamentar?
R (MA)- (Silêncio). Tem de ter alguma tradução, mas não lhe chamaria assim. Essas conversas são muito complicadas e não quero fazer diktats a ninguém. As coisas têm de ser feitas com muita dignidade recíproca.
P - Se se entender com Sócrates. a restante esquerda fora do PS vai compreender isso?
R(MA) - Quem conversa comigo conversa com o militante do PS, a referência histórica do PS. É uma das minhas debilidades e uma das minhas forças.
P - A sua permanência no PS não está, portanto, em causa?
R - Eu estiquei a corda quase até ao limite. Dentro e fora do PS. Mas não posso eu sozinho ser a convergência da esquerda. Não é meu propósito nem minha vontade. A não ser que me forcem a isso. Um partido é um instrumento, não é um fim em si.
P - Vamos voltar a vê-lo na AR na próxima legislatura?
R - Isso não depende só de mim.
P - Vai fazer campanha ao lado de José Sócrates?
R - Neste momento não sei. Não estou a fazer tabu nem estou a ser ambíguo.

entrevista no site do MIC (Movimento de apoiantes de Manuel Alegre)
Video no "Expresso" "Se a lei deixasse candidatava-me às legislativas como independente"


Acho que é claro que o senhor está desejoso de voltar a ser outra vez deputado pelo PS.
Ora há uns tempos atrás eu escrevi aqui no Blog, de que se podia Criar uma alternativa de esquerda . Que seria possível encontrar uma alternativa de esquerda contra o PS, construída com o apoio de Manuel Alegre.
Pelo que eu estava completamente enganado!!!

Afinal o que o Manuel Alegre está à espera é de um convite para a equipe do PS para as eleições legislativas. Como já referi num Post anterior Equipe para o Governo PS (2009) , o que Manuel Alegre deseja é um convite para ser o apanha-bolas da equipa, para ver os amigos do PS governar e ir recolher as bolas que estão sempre a ser rematadas para o lado direito.
Mas, talvez Sócrates só tenha vago o lugar de Roupeiro.
Terá então o trabalho de lavar as nódoas que o próximo governo vai deixar nas suas camisas cor de rosa. Nódoas sujas do suor da Ministra da Educação que vai "malhar" ainda mais nos professores. Manchas de óleo de máquina deixadas na camisa do Ministro do Trabalho deixadas pelo código de trabalho. Passar a ferro as roupas e os bolsos dos calções, sempre abertos a receber churudas contribuições de empreiteiros e empreendedores de grandes superficies comerciais, e os bolsos do seu alegre lider do PS, José Sócrates.
Vai ter muita sugidade para limpar, o Alegre, durante o jogo socialista dos próximos anos.

LN

domingo, 8 de março de 2009

A penhora , num tribunal português


No Blog De Reruum Natura: Ignorância Matemática
Fantástico! :) :=}

LN

Crédito mal parado

atido a sirga

Descoberta Arqueológica em Portugal



Alter do Chão quer classificação de mosaico romano
Um mosaico romano foi descoberto há um ano em Alter do Chão. É considerado único na Península Ibérica. O município alentejano quer que o mosaico seja classificado como "Património Nacional".

sábado, 7 de março de 2009

Tripla

um xis dois

Filme inglês apresenta Irmã Lúcia como indiana

O filme "13º Dia - Um milagre em Fátima" de Ian e Dominic Higgins, que se encontra em pós-produção , mostra como o fenómeno que se tornou "Quem quer ser Milionário?" se alastrou ao cinema britânico.
No filme, os pastorinhos são retratados como três jovens indianos que, numa bela manhã de 1916 , encontram o José Carlos Malato em cima de uma azinheira, fazendo-lhes este três perguntas de cultura geral. Jacinto e Francisco não conseguem responder e são eliminados, enquanto Lúcia acerta nas respostas, torna-se milionária e, com o dinheiro, faz uma operação estéctica de dermo abrasão que a transforma em caucasiana.
"O 13º Dia - Um Milagre em Fátima" ("Cova da Iria Milionaire", no original) já é grande candidato à vitória nos Óscares e nos Bafta de 2009.
No "Inimigo Público" , 5-03-2009

LN

Moda inspirada na virgem Maria

Fátima Lopes apresentou nova coleção em Paris
Moda com inspiração no tema Virgem Maria



LN

sexta-feira, 6 de março de 2009

Dor de alma

embuçado para a birra

As alterações aos PDM

Para quem não viu o programa Biosfera, este programa mostra e descreve o que este governo socialista anda a fazer pelo país fora em termos de preservação (ou melhor dizendo, destruição) do nosso território.
O caso Freeport de Alcochete é um pequeno exemplo. Foi uma brincadeirinha para o ministro do ambiente José Sócrates.
Foi apenas a pequena aprendizagem sobre como fazer o que o sr. engenheiro quer e lhe apetece.
O que tem sido feito durante este últimos anos é muito pior ainda...

O que José Sócrates fez no caso Freeport é hoje em dia feito ás claras e dentro da lei, na maior das legalidades, em todo o nosso país e em especial na faixa litoral.

Abate 1331 sobreiros na Quinta da Rosa em Setúbal (Fev 2009)
LN

Suspensão de PDM's

Programa Bioesfera de 03 Março
Ver (vale muito a pena... )
http://tv1.rtp.pt/programas-rtp/index.php?p_id=24416&e_id=&c_id=1&dif=tv

" Conhecer a desoladora realidade da suspensão de Planos Diretores Municipais para construir em áreas protegidas. Em 2008 os PDM de vários municipios portugueses foram suspensos por 22 vezes. As zonas protegidas foram as visadas nestas decisões. É o caso do novo estabelecimento prisional de Lisboa e Vale do Tejo que o Ministério da Justiça ....em Almeirim. E em Valongo, .... "

site do programa Bioesfera http://www.faroldeideias.com/index.php?biosfera

LN